domingo, 2 de maio de 2010

Língua - Ortografia:

Aqui vão algumas dicas importantes...

I- use o “s”:

01. No sufixo - ês que indica origem ou proveniência:
japonês, chinês, inglês, cortês

02. Nas finais femininas - esa, isa, esia:
maresia, burguesia, poetisa, cortesia, duquesa, princesa

03. Após ditongos:
náusea, pouso, aplauso, Cleusa

04. Nos derivados de pôr e querer:
quis, quiser, puderes, expus

05. em vocábulos derivados cujos primitivos têm “s” no radical:
atraso, atrasar(atrás), pisar, pisei(piso)

II- empregue o “z”:

01. Nos sufixos -ez/eza (substantivos derivados de adjetivos):
beleza(belo), baixeza(baixo), surdez(surdo), torpeza(torpe)

02. Nos sufixos -izar (formadores de verbos, desde que não haja “s” no radical:
realizar(real), atualizar(atual), idealizar(ideal), autorizar(autor)

03. antes dos sufixos: inho, ito, al, ada:
pezinho, pazada, juazeiro, cafezal

III- use o “x” (com som de ch):

01. Após ditongos:
caixa, feixe, deixar, ameixa

02. Depois de “en”:
enxada, enxame, enxofre, enxugar

03. Após “me”:
mexer, mexerico, México, mexilhão
exc.: mecha, mechar, mecheiro

04. Em palavras de origem indígena:
Erexim, Xaxim, Xanxerê, abacaxi

IV- use o “g”:

01. Nas terminações -agem, -igem, -ugem, -ege:
viagem, garagem, voltagem, herege, frege

02. Nas terminações -ágio, -égio, -ígio, -ógio, -úgio:
pedágio, colégio, vestígio, relógio, refúgio

03. Nos vocábulos derivados de primitivos que se escrevem com “g”:
vertiginoso(vertigem), contagioso(contágio)

V- usa-se o “j”:

01. Em vocábulos de origem latina:
jeito, hoje, majestade

02. Em palavras de origem indígena:
jibóia, pajé

03. Nas derivadas dos verbos em “-jar”:
arranjei, festejei

04. Nos derivados de palavras terminadas em “j” ajeitar, desajeitado(jeito)

VI- use o “h”:

01. No final de algumas interjeições:
ah!, oh!

02. quando a etimologia (origem da palavra) ou a tradição escrita do nosso idioma assim determina:
hábil hélice hiato higiene honesto
habitação herança híbrido hipoteca honra
hábito herói hidrogênio hoje hora
hálito hesitar hífen homem horizonte

03. no interior dos vocábulos, quando faz parte dos dígrafos ch, lh, nh:
fecho, folha, rainha

VII- uso dos sufixos -inho/-zinho

01. Para formar o grau diminutivo com esses sufixos, você deve considerar a terminação da palavra primitiva. Se a palavra primitiva terminar com s ou z, basta acrescentar o sufixo -inho(a). Se ela apresentar outra terminação, escreve o sufixo -zinho(a).
primitiva sufixo diminutivo derivada
pires +inho piresinho
lápis +inho lapisinho
raiz +inha raizinha
juiz +inho juizinho
papel +zinho papelzinho
pé +zinho pezinho
pai +zinho paizinho

Nenhum comentário:

Postagem mais Recente

Qual das alternativas está errada? por quê?

Postagens mais Visitadas