sábado, 12 de maio de 2012

Língua - Plural de palavras compostas:




Quando as palavras são compostas por aglutinação ou justaposição, ou seja, juntam-se dois radicais,  o plural é colocado no final:

aguardente => aguardentes
pontapé => pontapés

Dois Substantivos:
a- Quando a palavra composta leva hífen, os dois termos irão para o plural se forem "SUBSTANTIVOS".

cirurgião-dentista => cirurgiões-dentistas
porco-espinho => porcos-espinhos
tenente-coronel => tenentes-coronéis


b- Quando a palavra composta leva hífen, os dois termos são substantivos,  MAS o segundo está na função de ADJETIVO, isto é,  qualificando o primeiro, SOMENTE O PRIMEIRO VAI PARA O PLURAL.

homem-macaco => homens-macaco
(uma "espécie" de homem)
manga-rosa => mangas-rosa
(um tipo de manga)
papel-moeda => papéis-moeda
(um tipo de papel)


Observação: Algumas palavras aceitam as duas formas, caso de Decreto-Lei, cujo plural pode ser
DECRETOS-LEIS
ou
DECRETOS-LEI

c- Quando a palavra com hífen é composta de um substantivo + um adjetivo, independente da ordem em que apareçam, ambos vão para o plural.

boa-nova => boas-novas
bom-dia => bons-dias
maria-mole => marias-moles

Detalhando: em CAIXA-PRETA, a palavra caixa é substantivo e preta é adjetivo. Portanto, ambos vão para o plural.
CAIXAS-PRETAS

d- Quando a palavra com hífen é composta de um numeral e um substantivo, ambos os elementos vão para o plural.

primeira-dama => primeiras-damas
segunda-feira => segundas-feiras

e- Quando a palavra com hífen é composta de um verbo e um substantivo, SOMENTE o substantivo vai para o plural.

mata-borrão => mata-borrões
quebra-cabeça => quebra-cabeças

f- Se composta de dois ou mais adjetivos, somente o último vai para o plural.

olhos castanho-claros
alimentos vegeto-minerais
crises econômico-financeiras



Nenhum comentário: